Tag Archives: enjoos

Preparada?

19 out

Seja bem-vindo João Otávio!

Escuto quase todo mundo dizer que para ter filhos precisa melhorar a situação financeira e, principalmente, estar mais preparado para o papel de pai ou mãe (já pensei assim).

Uma amigona minha, recentemente, descobriu a gravidez! Está uma gestante lindona e brilha como o sol. É uma delícia ouvir as histórias dela e as preocupações atuais (básicas de toda mamãe de primeira viagem).

Ela escreveu sobre a gestação, os preparativos da vida, sensações e como está preparando-se para ser mãe! Olha aí:

Prepare-se

Se você está pensando em engravidar em breve, permita-me um conselho
– e  acostume-se com eles, afinal todo mundo tem uma super dica para
as grávidas: prepare-se.
Prepare-se para os enjôos, seios inchados, cansaço extremo,
esgotamento físico e noites mal dormidas. Prepare-se para as mudanças
repentinas de humor, o choro fácil, a irritação por nada, o riso à
toa, a carência e a vontade de fugir pra uma ilha deserta – tudo isso
no mesmo dia.
Prepare-se para as mudanças na alimentação, para deixar de comer
coisas que ama e amar coisas antes impensáveis. Prepare-se para os
desejos estranhos e para comer as comidas mais gostosas da sua vida:
nada é mais delicioso do que aquilo que você deseja quando grávida.
Prepare-se para sentir um misto de preocupação, medo e angústia, e
por se sentir completamente responsável por alguém que você ainda nem
sabe direito como é. Prepare-se para cuidar e educar uma criança – e
para todo o peso que isso carrega.
Prepare-se para questionar seus valores, criticar outros pais e
descobrir, no minuto seguinte, que você não tem a menor idéia da
“encrenca” que está se metendo. Prepare-se para relembrar sua
infância, entender melhor as preocupações de seus pais e querer fazer
qualquer coisa para cuidar e proteger seu bebê.
Prepare-se para se emocionar. Você vai se emocionar quando ler
“positivo” no exame de gravidez, vai se emocionar no primeiro
ultrassom ao escutar um coraçãozinho muito minúsculo batendo dentro de
você. Vai se emocionar em todos os outros ultrassons sempre que vir o
quanto seu bebezinho cresce. Vai se emocionar quando souber o sexo e
decidir o nome. E em todas essas vezes, você vai chorar.
Prepare-se para ser mimada, muito mimada. Prepare-se para todos os
cuidados –  muitas vezes excessivos – de todos ao redor. Prepare-se
para se descobrir iluminada, e ser ao mesmo tempo mais paciente com as
limitações de quem você ama.
Prepare-se, sobretudo, para um amor que você antes desconhecia
completamente. Prepare-se para amar seu bebê mais do que qualquer
coisa no mundo, para amar mais o pai da criança a cada minuto, para
amar a família que está construindo. Prepare-se para um amor que não
caberá em você.
E, depois de tudo, prepare-se para descobrir, todos os dias, que você
não se preparou o suficiente.

fonte: texto de Jully Fernandes, mãe do João Otávio.

Gestação x Paparicos

24 set

Só quem carrega dois corações ao mesmo tempo pode explicar o que passamos, sentimos e do que os hormônios são capazes de fazer com a nossa vida social e pessoal  durante a gestação.

Se você está ou esteve grávida sabe como é bom uns mimos, carinhos, paparicos e etc durante essa fase. Assim como eu, algumas mulheres acreditam que a gestação vai ser um momento de muitos paparicos e dengos… Acontece que as pessoas não estão no seu nível hormonal (e, em alguns casos, com um grau de sensibilidade abaixo do esperado) e você pode se frustrar esperando delas algumas coisas que não receberás.

Essa coisa de criar expectativas, sempre abalando a gente.

Então decidi escrever aqui agradecendo ao meu marido, por ter sido incrível. Conversava com nossa filha ainda na barriga, foi paciente e me deu muito carinho. Não fui do tipo de ter desejos no meio da noite, mas passei muito mal, com fortes enjoos e até derrame facial enfrentei pelo esforço repetitivo ao vomitar. Foi terrível, repito: terrível. “Nada entrava, tudo saía”. Ele foi amoroso e soube lidar com a situação com toda calma do mundo e carinho. Mesmo assim, eu exigia mais, vocês mamães me entendem eheheheh

Quem me deu amor e dengos durante a gestação sabe como foi marcante pra mim e até hoje eu lembro cada momentinho. No diário da Júlia eu coloquei as conversas que tinham com ela, inclusive as intermináveis da minha afilhada (que foi incansável comigo) e eu amava ou minha amiga do Canadá que, mesmo longe, me enviava msg todos os dias, escrevia e-mails, ligava…

Enfim, a gente carrega um coração a mais e algumas pessoas ainda não entendem como podemos ficar tão sensíveis e emotivas.

A gente sabe, né mamães?

beijinhos e contem como foi a gestação de vcs (com paparicos ou não)!!!

Mamãe “sente muito”

4 abr

Olá mamães, amigas e leitoras. Esses dias queria descrever como me senti (e sinto) durante a gestação. Já estou com 33 semanas e doida pra conhecer minha Julinha. Eu li um depoimento de outra mãezinha e pensei: – É isso! Dos 100 livros que ganhamos e compramos na gravidez, faltou criarem o manual para mamães de primeira viagem quando descobrissem a gravidez. Seria mais ou menos assim:

PARABÉNS, VOCÊ ESTÁ GRÁVIDA! PREPARE-SE PARA ESSE TURBILHÃO DE SENTIMENTOS E SENSAÇÕES QUE VIRÃO:

*Enjoos terríveis (até agora a pior parte, na minha opinião)

*Vontade de ficar sozinha
*Vontade de matar todo mundo que te deixar sozinha nesse momento tão difícil (você precisa de atenção…)
*Vontade de todo mundo em sua volta
*Vontade de matar todo mundo que fica em sua volta nesse momento tão difícil (você precisa de espaço…)
*Gases assustadores (pode rir, porque é aí que os outros vão chorar)
*Um gole de água, suco, refri e você já pode entrar num campeonato de arroto
*Seu banheiro será seu melhor amigo e você vai fazer xixi a cada gota de água que beber
*Você vai acordar com seu bebê brincando, dançando e chutando
*Vai sentir muito sono e muita insônia (descanse)

*Quando o bebê mexer bastante você vai achar que tem algo errado
*Quando o bebê mexer pouco você vai achar que tem algo errado

*Quando menos esperar vai querer fazer mil coisas e 10 minutos depois vai preferir dormir 
*Não se iluda com as roupas largas antes da gravidez, elas não servirão
*Você vai ficar preocupada, chorar, ficar preocupada, rir, ficar preocupada, brigar, ficar preocupada, babar muito e parecer uma “Maria Chorona”, ficar preocupada, às vezes tudo num dia só. Vai achar que por mais atenção que seu marido ou namorado te dê  nunca será o suficiente.

E mesmo com esse turbilhão de sentimentos e sensações você vai se sentir maravilhosa por ser mãe, por ter o dom da vida, por imaginar seu bebê em seus braços… e vai se sentir nas nuvens!

É meninas, daqui a pouco os desconfortos passam e vou/vamos ter nossos amores nos braços com aquele cheirinho incomparável, e se duvidar, depois sentiremos falta de tudo isso (é o que me falam)….Quando eu falo que mãe é poderosa…

Se você é mamãe e quer incluir mais alguma coisa no manual coloca aqui pra gente compartilhar.

Beijokaaas

Mães poderosas

16 mar

Sem dúvida! Toda mãe é poderosa. Isso não é novidade, mas para iniciar este blog decidi falar sobre o poder que toda mãe tem desde o início da gestação.

Sou mãe de primeira viagem e desde então percebi o quão poderosa eu sou. Minha mãe sempre foi orgulho e fortaleza para mim e assim pretendo ser para minha Júlia. Estou grávida de 30 semanas e só agora comecei a ter uma vida “normal” novamente.

Consegui enfrentar até o sexto mês enjoos terríveis e suas consequências. E que consequências… prefiro citá-las em outro momento. Só tenho o seguinte a declarar sobre isso: a licença-maternidade também deveria valer para o primeiro trimestre.

Sorte daquelas que falam: “- Nossa, eu até esquecia que estava grávida!”
Minha flor, levante as mãos para o céu e agradeça porque levantar a tampa da privada diariamente só para chegar mais perto com o rosto e ainda fazer aquele estrago… afeee… tem que ter poder. Poder pra aguentar todos os segundos de um dia que não passa… que arrasta… e quem conhece a força de uma ressaca… aí está ela, firme e forte, igualzinha, e você nem tem como dizer: – Nunca mais vou “bebêR”!

Aí você deve estar lendo e ficando um pouco apavorada se ainda não é mãe e eu digo pra você. Calma! Fique tranquila, porque você vai esquecer, quando nascer, vai esquecer tudinho de tão maravilhoso que é ver seu bebê chegar ao mundo. Eu estou acreditando porque já amo incondicionalmente e acima de tudo a minha princesinha.

Esses dias até comentei – todas as minhas amigas falam pra eu aproveitar cada momento da gestação porque vou sentir saudades da barriga – acho que é saudade de cuidar com 100% de exclusividade.

E como a fase inicial requer muito controle, há pouco tempo comecei a curtir de verdade cada segundo. Muitas amigas, mães e gestantes me contam que não sentiram nada e a ficha caiu quando a barriga começou a aparecer. Eu sou a típica grávida e isso me conforta. Enjoos, seios doloridos, sono, alterações de humor e por aí vai…

Como dizem, cada gestação é diferente uma da outra e tenho certeza que as outras mães tiveram suas questões internas para trabalhar também. É sensibilidade demais… e o poder que temos para chorar, brigar, amar, fazer, desfazer, lembrar e esquecer é incrível!

Somos poderosas!

Este é o primeiro post de uma mamãe de primeira viagem que sonha em ver o rostinho lindo da sua princesa e agora está nos preparativos finais. Vou contar pra vocês aqui no blog sobre a gravidez, sensações, preparativos, chá de bebê e outras coisinhas mais que podem facilitar e, também, para compartilhar com a vida de qualquer poderosa.

Beijos e até mais!!!

%d blogueiros gostam disto: